Bar feio com quem a gente ama é tão bonito

Bar feio com quem a gente ama é tão bonito

Por Murilo Melo*, com ilustração de André Dignimont. Olho pela varanda do meu apartamento e vejo ele chegando. Corro para o enorme espelho do meu quarto e me pergunto, pela milésima vez, “se tem alguma coisa errada”. Troco de calça seis vezes e troco de camisa seis...
Existe amor na fast foda

Existe amor na fast foda

Por Miguel Rios*, com ilustração de Francisco Hurtz Uma pegação no Scruff mudou meu status no Facebook. De repente, lá estava eu com “em um relacionamento sério”. De onde me diziam que era só um esgoto de sexo fácil, rápido e sem ligação, eis que já estou há oito...
Gays são chatos

Gays são chatos

Por Murilo Melo* Há alguns meses um cineasta bissexual cismou comigo. Ah, seus textos isso, seus textos aquilo. Sua foto isso. Seu jeito de falar aquilo. Olha como você se veste. Olha como você sorri. Você, Murilo. Ah, que homem. Que delícia de homem é você. E durante...
Nem vinte anos

Nem vinte anos

Por Murilo Melo*, com ilustração de Sina Sparrow. O interfone tocou pela primeira vez e ninguém ouviu. Pessoas procuravam Heinekens afundadas em gelos no enorme balde transparente no canto da sala, pessoas falavam sobre “tédio”, “mais tarde”, “quem sabe uma suruba”, e...