O que a homofobia tirou de mim: Sérgio Mota

O que a homofobia tirou de mim: Sérgio Mota

“Desde criança eu já era diferente. Cresci no Amazonas. Costumava apanhar e ser chamado de mulherzinha e viado pelo mínimo que fazia, falava “certinho”, ouvia música clássica, gostava de arte, lia muito e já sabia da minha sexualidade”. Sérgio foi abusado com sete...