Por Danilo Motta*

A marca holandesa de roupas masculinas Suitsupply foi alvo dos homofóbicos em… Amsterdam. Em sua campanha mais recente, a grife expôs casais formados por homens em outdoors e pontos de ônibus em cerca de 5 mil pontos em toda a Holanda, conforme informou o site NL Times.

A iniciativa, por outro lado, não foi… digamos… muito bem recebida pelos consumidores. As peças publicitárias foram vandalizadas em diferentes localidades, gerando revolta por parte dos homossexuais e apoiadores da causa.

A página da Parada do Orgulho LGBT de Amsterdam no Facebook publicou algumas fotos lamentando o ocorrido. “Às vezes, somos questionados por que ainda é necessário organizar uma parada do Orgulho. Aqui está a resposta”, diz a postagem, em tradução livre.

Veja agora as peças originais:

Além do vandalismo nas ruas, a Suitsupply também não ficou ilesa nas redes. Segundo o NL Times, a empresa perdeu milhares de seguidores em seus perfis desde o lançamento da campanha, no final de fevereiro, e vem recebendo centenas de e-mails com mensagens de ódio.

A campanha primavera-verão da marca tem como mote “não se encaixe apenas; encontre seu próprio encaixe perfeito” (tradução livre). Apesar da reação contrária, a grife também recebeu mensagens de apoio. “Normalizando a igualdade. Que conceito! Bom trabalho!”, postou o usuário @locaincb no Twitter.


Fotos: Instagram/@suitsupply

 

*Danilo Motta é jornalista e mestre em Literatura pela UFF. Nascido na serra fluminense, hoje vive em São Paulo.


Veja também:

LGBTs iniciam boicote a Riachuelo após dono declarar apoio à bancada da bíblia

Marca europeia estrela campanha com família homoafetiva negra

Related Posts

Comentários

Comentário